Oito pessoas são presas por garimpo ilegal no Rio Corumbá, em Pires do Rio

As oito pessoas presas são do Tocantins, Mato Grosso 3 Rondônia. Todos eles foram levados para a Polícia Federal. 

Oito pessoas foram presas pelo Batalhão Ambiental da Polícia Militar do estado de Goiás (PMGO), suspeitos de fazerem parte de um esquema de garimpo ilegal, no Rio Corumbá em Pires do Rio.

Em um vídeo divulgado pela polícia, é possível ver os agentes realizando buscas pelo rio e após abordagem, destroem os barcos.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A operação aconteceu na madrugada de terça-feira (25), em Pires do Rio. Segundo o batalhão, os suspeitos eram dos estados do Tocantins, Mato Grosso e Rondônia. Todos eles foram presos em flagrante e levados à Polícia Federal, aqui em Goiânia.

LEIA TAMBÉM

• Anápolis marca de pênalti, bate o Costa Rica-MS e sustenta espaço no G-4• Goiás pode ter pelo menos três candidaturas isoladas ao Senado• Vídeo: O que aconteceu com promoter que agrediu ex-noiva, em Goiânia

De acordo com a polícia, a equipe chegou aos suspeitos após receber uma denúncia de que duas dragas estavam trafegando de forma ilegal no rio. Foi dito pelos agentes, que ao verem a polícia se aproximando, os suspeitos jogaram o ouro extraído no rio e tentaram fugir nadando.

Cerca de 14 policiais, do Comando de Operações do Cerrado (COC), fizeram parte da ocorrência. Além das oito pessoas presas, também foram apreendidos celulares, uma balança de precisão e porções de maconha.