Olimpíadas: Brasil terá nadadora mais jovem desde 1980

Stephanie Balduccini tem 16 anos e já conquistou recordes nacionais e é um dos 16 estreantes na Olimpíadas

Depois da goleada da Seleção Brasileira contra a China, o Brasil conquistou mais uma vitória. A nadadora brasileira Stephanie Balduccini, de 16 anos, será a atleta brasileira mais jovem a disputar uma competição desta modalidade olímpica desde 1980 – quando Ricardo Prado representou o país nas Olimpíadas de Moscou aos 15 anos.

A nadadora paulista disputará o revezamento 4x100m livres, ao lado de Etiene Medeiros, Ana Viera e Larissa Oliveira. Dos 26 atletas brasileiros (16 homens e 10 mulheres) classificado para a modalidade em Tóquio, Stephanie é um dos 16 estreantes.

“Não tenho palavras para descrever isso. Já estava muito feliz com a classificação aos 16 anos e fiquei ainda mais ao saber dessa marca. Não falei com ele depois que me classifiquei, mas ele me deu os parabéns na seletiva. Meus pais sempre me disseram que o Ricardo me elogiava nas competições”, afirmou Stephanie, em declarações ao site do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

A paulista disse está empolgada com a competição pela oportunidade de conhecer outras pessoas e de representar o Brasil no evento.

Stephanie chamou a estreia em 2019, ao nadar pelo Paineiras (SP) onde chamou a atenção ao vencer as provas de quatro estilos (livre, costas, borboleta e peito) na distância dos 100m. A nadadora venceu sete das dez provas que disputou no Campeonato Brasileiro Juvenil, com direito a três recordes nacionais.

A primeira disputa pela modalidade está marcada para este sábado (24).

Tags: