Olimpíadas: Brasil vence a Espanha e conquista ouro no futebol

Com um jogo dramático e gol de desempate na prorrogação, a seleção brasileira se torna agora bicampeão nas Olimpíadas

Brasil provou que é realmente o país do futebol e conquistou mais um ouro nos jogos olímpicos. Se tornando bicampeão, a seleção ganhou da Espanha por 2 a 1 em jogo dramático com direito a gol na prorrogação e pênalti perdido por Richarlison.

Os gols foram marcados por Malcom, que entrou na prorrogação para trazer o gol da decisão e por Matheus Cunha, que está recuperando de contratura muscula na coxa direita.

O jogo

No primeiro tempo, o Brasil teve dificuldade de sair da defesa, com a Espanha bem postada na marcação. Os espanhóis foram os primeiros a assustar, aos 15 minutos, quando Oyarzabal escorou de cabeça e Diego Carlos tirou em cima da linha, evitando o gol.

Após o susto, Brasil ficou mais esperto tentando abrir o placar aos 37 minutos, quando Matheus Cunha foi atropelado pelo goleiro Unai Simón e a arbitragem com o auxílio do VAR assinalou o pênalti. Mas Richarlison isolou.

Sem falta, Matheus Cunha deu o ar de esperança e abriu o placar nas acréscimos após cruzar com Claudinho de esquerda e dominar no peito após receber a bola e chutar para o gol.

Segundo tempo

Com vantagem, o Brasil começou o segundo tempo dando espaço para os contra-ataques. Aos 6 minutos, Richarlison recebeu de Matheus Cunha na área, driblou o marcador, mas Simón bateu a bola e foi ao travessão.

Mas o Brasil recuou demais e passou a sofrer com os muitos cruzamentos na área. Até que, aos 15 minutos, Oyarzabael aproveitou um deles e, sem marcação, fez um belo gol chutando de primeira.

Depois do gol espanhol, o jogo ficou mais nervoso. O Brasil, sem alteração, sentiu a parte física e a Espanha cresceu no fim, mandando duas bolas no travessão, com Soler em cruzamento errado e em chute de Bryan Gil.

Prorrogação

O técnico André Jardine finalmente mexeu na equipe após os 90 minutos, com Malcom no lugar de Matheus Cunha. O Brasil pressionou a seleção espanhola e conseguiu o ponto de desempate ao segundo tempo. No contra-ataque, Anthony lançou para Malcom que ganhou na corrida e chutou para fazer o gol. Depois, a seleção brasileira segurou a Espanha que não conseguiu o empate.

Com a conquista, o Brasil igualou os rivais da Argentina e Uruguai com bicampeão e entrou em um seleto grupo, junto a Grã-Bretanha (Londres-1908) e Hungria (Tóquio-1964 e Cidade do México-1968).

Brasil tem agora sete medalhas olímpicas no futebol masculino sendo dois ouros, três pratas e dois bronzes.

Tags: