Jornal Diário do Estado

Ônibus que transportava torcedores do Corinthians capota e deixa sete mortos

Veículo seguia para Taubaté, interior de São Paulo, e havia deixado BH após uma partida do time paulista contra o Cruzeiro

Sete torcedores do Corinthians morreram após um ônibus que os transportava capotar no KM 520 da Rodovia Fernão Dias, em Igarapé, Região Metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais, na madrugada deste domingo, 20. 

O veículo seguia para Taubaté, interior de São Paulo, e havia deixado BH, após uma partida do time paulista contra o Cruzeiro. De acordo com o Corpo de Bombeiros, torcedores que estavam no ônibus relataram que o motorista gritou que o transporte estava sem freios. 

A concessionária que administra o trecho, Arteris Fernão Dias, informou que o condutor do ônibus perdeu o controle do veículo quando entrou em uma curva, bateu contra um talude e capotou.

“Estava quase todo mundo dormindo, mas algumas pessoas perceberam que ele estava correndo e os meninos da frente pediram para ele dar segurada. O motorista falou que perdeu o freio. Nesse momento foi um desespero, comecei a gritar para todo mundo acordar e o ônibus já capotou”, contou uma das vítimas do acidente, que não quis se identificar.

O ônibus foi contratado por uma subsede da Gaviões da Fiel do Vale do Paraíba, em São Paulo, e levava torcedores de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Taubaté e Pindamonhangaba. Ainda de acordo com os bombeiros, havia 43 pessoas no veículo (inicialmente, a corporação informou que eram 46). Além dos sete mortos, 10 pessoas ficaram presas às ferragens.

O time e a torcida divulgaram notas de pesar sobre o ocorrido. “O Sport Club Corinthians Paulista manifesta seu pesar pelas vítimas fatais do acidente ocorrido na madrugada deste domingo (20), na rodovia Fernão Dias, envolvendo o ônibus que levava torcedores que estavam em Belo Horizonte para apoiar a equipe durante a partida contra o Cruzeiro, na noite anterior.”