Operação apura empresas suspeitas de fraudar licitações da Saneago

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) realiza na manhã desta terça-feira (7) uma operação contra empresas suspeitas de fraudar licitações para o fornecimento de materiais hidráulicos para a Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago).  São cumpridos cinco mandados judiciais de condução coercitiva, quando a pessoa é levada para depor, e 11 de busca e apreensão em residências e empresas de Goiânia.

Denominada Operação Gota D’Água, a ação conta com a participação de 12 promotores de Justiça e cerca de 40 policiais civis e militares.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A investigação começou em 2015. De acordo com o MP-GO,  sócios e representantes de empresas se associavam com o objetivo de fraudar o caráter competitivo de licitações.

LEIA TAMBÉM

• Caiado autoriza recuperação da GO-142 entre Formoso e Tocantins• Claudia Raia conta que Marisa Monte perdeu a virgindade com Alexandre Frota• Governo Federal tem cinco dias para explicar manual contra aborto legal

Em nota, a Saneago afirmou que apoia “integralmente” as investigações. A estatal também repudiou as possíveis irregularidades que, segundo a empresa, buscam “macular a legitimidade das licitações e contratações realizadas pela Saneago”.

 

*Com informações do G1