Operação Lava Jato: PF cumpre mandado contra deputado Paulinho da Força

Indícios apontam o recebimento de R$1,7 milhão em doações eleitorais não contabilizadas

A Polícia Federal começou a cumprir na manhã desta terça-feira, 14, mandados de busca e apreensão contra o deputado federal Paulinho da Força, em uma fase da Operação Lava Jato que investiga crimes eleitorais.

Ao todo, são sete mandados de busca e apreensão em São Paulo e em Brasília. Além dos mandados, foi determinado o bloqueio judicial de contas bancárias e de imóveis dos investigados.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

De acordo com as investigações, existem indícios do recebimento de doações eleitorais não contabilizadas durante as campanhas eleitorais dos anos de 2010 e 2012, no valor total de R$1,7 milhão. Os agentes fazem buscas no gabinete, no apartamento funcional do parlamentar e na sede do Solidariedade, sindicato no qual Paulinho da Força é presidente.

Tags: