Operação Voto Limpo investiga compra de votos em Goiatuba

Nove mandados de busca e apreensão são cumpridos contra um vereador eleito e sua equipe

O Ministério Público Eleitoral (MPE), em parceria com a Polícia Federal, Polícias Civil e Militar de Goiás, Centro de Inteligência do Ministério Público e apoio do Gabinete de Segurança Institucional do Ministério Público cumpre, neste momento, nove mandados de busca e apreensão deferidos pelo Juízo Eleitoral da 38ª Zona Eleitoral de Goiatuba. A Operação Voto Limpo busca apurar suposto esquema de compra de votos praticado, em tese, por vereador eleito e sua equipe.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Em breve mais informações.

Tags: