Os 10 livros mais vendidos de todos os tempos

Conheça os 10 livros mais vendidos de todos os tempos

Por Murilo Mendes Felipe

 

Para chegar aos resultados, foram consultados artigos, entidades editoriais, empresas de pesquisa de mercado e publicações profissionais. Livros sobre religião, política, educação e curiosidade, como “A Bíblia”, “Iluminatti: A Sociedade Secreta”, “Alcorão”, “Dicionário Xinhua Zidian”, “Sun Tzu Art of War” e “Guinness Records” não são contabilizados, apenas Livros literários.

Então, vamos a lista dos livros mais vendidos de todos os tempos.

 

10 – E Não Sobrou Nenhum (1939), de Agatha Christie

É o maior clássico moderno das histórias de mistério. Estima-se que tenha vendido entre 90 e 120 milhões de cópias.

 

9 – Alice no País das Maravilhas (1965), de Lewis Carroll

Uma das obras mais célebres do gênero literário nonsense, o livro conta a história de uma menina chamada Alice, que é despertada do sono por um coelho e resolve segui-lo, caindo em uma toca que a transporta para um lugar fantástico, chamado “País das Maravilhas”. Estima-se que o livro tenha vendido mais de 100 milhões de cópias desde o seu lançamento.

 

8 – Harry Potter e a Pedra Filosofal (1997), de J.K. Rowling

É o primeiro volume da série Harry Potter, da britânica J. K. Rowling. Estima-se que tenha vendido entre 110 e 130 milhões de cópias.

 

7 – Cinquenta Tons de Cinza (2011), de E. L. James

É um romance erótico da autora inglesa Erika Leonard James. A história se passa em Seattle com ricos detalhes de bondage, sadismo e masoquismo. Estima-se que tenha vendido entre 120 e 130 milhões de cópias.

 

6 – O Alquimista (1988), de Paulo Coelho

O livro brasileiro mais vendido no mundo, “O Alquimista” acompanha um pastor andaluz chamado Santiago. Estima-se que “O Alquimista” tenha vendido mais de 150 milhões de cópias.

 

5 – O Senhor dos Anéis (1954-1955), J. R. R. Tolkien

Essa é uma das mais famosas obras de ficção científica, publicada originalmente em três volumes: “A Sociedade do Anel”, “As Duas Torres” e o “Retorno do Rei”. Estima-se que tenha vendido entre 150 e 170 milhões de cópias.

 

4 – O Pequeno Príncipe (1943), de Antoine de Saint-Exupéry

Publicado em 1943, “O Pequeno Príncipe”, de Antoine de Saint-Exupéry, é uma das obras mais traduzidas da literatura mundial. Estima-se que a obra tenha vendido entre 150 e 180 milhões de cópias.

 

3 – Um Conto de Duas Cidades (1959), de Charles Dickens

Publicado em 1859, o livro é um romance histórico que trata de temas como culpa, vergonha e retribuição. Estima-se que tenha vendido entre 180 e 250 milhões de cópias em todo o mundo.

 

2 – O Conde de Monte Cristo (1844), Alexandre Dumas

O livro narra a história de Edmond Dantés, um marinheiro que é preso injustamente, vítima de um complô. Estima-se que o livro tenha vendido entre 200 e 250 milhões de cópias.

 

1 – Dom Quixote (1605), Miguel de Cervantes

Publicado em Madrid em 1605, “Dom Quixote”, de Miguel de Cervantes, é composto de 126 capítulos, divididos em duas partes. É considerado o expoente máximo da literatura espanhola e estima-se que tenha vendido entre 400 e 500 milhões de cópias.

Tags: