Os 10 maiores museus do Brasil

Conheça os 10 maiores museus espalhados pelo nosso país

Por Murilo Mendes Felipe

 

Uma das grandes oportunidades de se inteirar e absorver diferentes culturas, é por meio da visitação a museus. Por lá, é possível adquirir uma gama diversa de conhecimentos. Se você ainda não teve a oportunidade de conhecer algum, seja na sua cidade ou em outras, fica a dica a partir dessa lista que separamos hoje.

O Brasil tem sido berço de grandes museus, dos mais históricos aos mais tecnológicos. Sendo assim, se você já tem alguma viagem marcada ou pensa em conhecer determinados lugares, não deixe de passar em uma dessas sugestões.

Confira agora os 10 maiores museus do Brasil.

 

1 – Museu Ricardo Brennand, em Recife – PE

Instituto Ricardo Brennand: do canivete à maior coleção bélica do mundo | Viver: Diario de Pernambuco

Com 77 mil metros quadrados, o Instituto Ricardo Brennand combina arquitetura contemporânea com estilo Tudor. O complexo engloba três prédios: o Museu Castelo São João, a Pinacoteca, a Galeria e a Capela Nossa Senhora das Graças. Tudo isso, rodeado por um parque de 18 mil metros quadrados. O museu se destaca por ter a maior coleção e documentação iconográfica da ocupação holandesa no Nordeste do Brasil.

2. Pinacoteca, São Paulo, SP

MuseumWeek: Pinacoteca do Estado – Itinerário de Viagem

No Jardim da Luz, bem no coração do Centro de São Paulo, está a Pinacoteca, sediada em um edifício de 1900 projetado por Ramos de Azevedo e Domiziano Rossi. A Pinacoteca tem um dos maiores acervos de arte brasileira, com mais de 10 mil peças. Também abriga a Coleção Brasiliana, com trabalhos de artistas estrangeiros atuantes no Brasil, além de um conjunto de obras do modernismo brasileiro.

 

3 – Oscar Niemeyer, Curitiba

Projeto do Museu Oscar Niemeyer promove inclusão de idosos – Revista USE

Este museu é a mais pura definição de arquitetura como arte. Projetado por Oscar Niemeyer, o primeiro prédio em 1967 e o segundo no início dos anos 2000, também é conhecido como Museu do Olho, devido ao design característico do seu segundo prédio. O exterior reflete muito bem o acervo interno que busca destacar as artes visuais, a arquitetura e o design.

 

4 – Museu do Amanhã, Rio de Janeiro, RJ

Museu do Amanhã (Rio de Janeiro) - ATUALIZADO 2020 O que saber antes de ir - Sobre o que as pessoas estão falando - Tripadvisor

Muito conhecida por suas praias e eventos, a cidade do Rio de Janeiro sentiu a necessidade de se firmar também como uma cidade cultural, assim como Londres ou Paris. O Museu do Amanhã, de projeto arquitetônico do espanhol Santiago Calatrava, foi erguido ao lado da Praça Mauá para ser um museu de artes e ciências. O projeto fez parte da reurbanização da zona portuária. Os destaques do Museu ficam por conta do acervo principal que conta com uma exposição digital, que foca mais em ideias do que em objetos, além de contar com mostras que alertam sobre as mudanças climáticas, sobre a degradação ambiental e colapso social. O Museu ganhou muito destaque por sua construção e escolhas sustentáveis.

 

5 – Inhotim, Brumadinho – MG

Instituto Inhotim | Viagem e Turismo

nhotim é considerado o maior centro de artes ao ar livre da América Latina. Tudo começou em 2004 com o objetivo de abrigar o acervo do empresário Bernardo Paz. Encravado na Mata Atlântica, o Museu a céu aberto compreende jardins, galerias, edificações e intervenções no meio da natureza que fazem o queixo cair. Além dos cinco lagos ornamentais com 3,5 hectares de espelho d’água. Além das 170 obras em exposição, o museu também abriga 98 bancos do designer Hugo França, feitos de troncos e raízes de pequi-vinagreiro, uma árvore comum na Mata Atlântica, que são encontrados caídos ou mortos na floresta.

 

6 – Catavento Cultural e Educacional, São Paulo – SP

Visite o Catavento Cultural | Projeto São Paulo City

Um museu cheio de curiosidades voltado ao público jovem. O Catavento abriga quatro áreas muito interativas: Universo, Vida, Engenho e Sociedade, com 250 instalações. Uma das mais recentes atrações mostra a vida dos dinossauros no Brasil, com a ajuda de óculos de realidade virtual, nos períodos Triássico e Cretássio.

 

7 – Museu de Arte de São Paulo (MASP), São Paulo – SP

Clássicos da Arquitetura: MASP / Lina Bo Bardi | ArchDaily Brasil

Um dos ícones de São Paulo, o famoso MASP localiza-se desde 1968 na Avenida Paulista. O edifício foi projetado por Lina Bo Bardi, com um bloco subterrâneo e um suspenso sobre colunas de 8 metros de altura e um vão de mais de 70 metros, para preservar a vista, uma exigência do doador do terreno, o engenheiro Joaquim Eugênio de Lima. Na época, o vão-livre era o maior do mundo! São mais de 8 mil obras no acervo, com uma coleção incrível de arte ocidental da América Latina, além de pinturas, esculturas, desenhos, gravuras e artes decorativas europeias do século XIII aos dias atuais.

 

8 – Museu Imperial, Petrópolis – RJ

Museu Imperial – Wikipédia, a enciclopédia livre

O terreno foi comprado por Dom Pedro, mas herdado por Dom Pedro II que foi quem construiu a edificação para sua residência de verão favorita e incentivou a construção e colonização de Petrópolis por imigrantes europeus. Em estilo neoclássico, o prédio foi concluído em 1862. O acervo do museu conta com peças da monarquia brasileira, como mobiliário, documentos, obras de arte e objetos pessoas. Ali está a coroa de Dom Pedro II criada especialmente para a sagração e coroação do jovem de 15 anos na época.

 

9 – Museu do Futebol, São Paulo – SP

Se tem um Museu que sabe ser interativo no Brasil, esse é o Museu do Futebol. Os visitantes estão sempre em contato com o acervo, experimentando, sentindo, escutando a história e as curiosidades do futebol no Brasil e no mundo. Destaque para a instalação embaixo das arquibancadas do Pacaembú, onde é possível escutas e ver imagem de diversas torcidas de times brasileiros. No Museu, o futebol não é tratado apenas como esporte, mas como um aspecto social importante do Brasil.

 

10 – Museu de Ciências e Tecnologia da PUC, Porto Alegre – RS

RS – Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS – Forma Conhecer

Desde 1998, o Museu de Ciências e Tecnologia da PUC – RS é um dos maiores museus interativos de ciências naturais da América Latina. Os visitantes podem participar das atrações, realizando experimentações sobre o Universo, a Terra, o Ambiente e o Homem. São mais de 700 experimentos interativos.

Outras Notícias

No Content Available