“Os candidatos à prova prática da CNH que já estavam marcados não pagarão reteste”, afirma gerente do Detran-GO

Provas foram suspensas até 31 de março

O Detran-GO decidiu, nesta quinta-feira, 11, pela suspensão de todas as bancas de provas práticas de volante no estado de Goiás. Para explicar mais sobre a medida, José Osvaldo, gerente de Habilitação no órgão, concedeu entrevista exclusiva ao Diário do Estado. “Devido ao pior momento da pandemia no estado de Goiás, o Departamento Estadual de Trânsito decidiu neste momento suspender esta atividade até o dia 31 de março, até mesmo para que possamos avaliar como vai ser o avanço neste período”, conta.

“Em algumas bancas pelo estado, algumas regras do protocolo não estavam sendo seguidas, como a higienização dos carros. O Detran está visando resguardar a saúde dos candidatos à Carteira de Nacional de Habilitação, do instrutor de trânsito, dos colaboradores e dos examinadores. De repente, logo no início do mês, a gente volte com as atividades regulares”, projeta.

Entretanto, esta volta das provas presenciais está sujeita à novos adiamentos. “Depende do cenário, porque hoje o sistema saúde está vivendo uma asfixia. Nas enfermarias, nas UTIs… então, vamos aguardar. Se melhorar, voltamos com a banca examinadora de prática de direção veicular”, afirma Osvaldo. Quanto àqueles que já tinham marcado suas provas, o gerente de habilitação garante: “As pessoas não terão nenhum prejuízo. Nós vamos abrir o sistema para que os proprietários das autoescolas possam retirar estes alunos”.

O entrevistado garantiu que tampouco haverá pagamento de reteste e que os candidatos serão reagendados assim que as atividades voltarem de maneira presencial. “Nós vamos permanecer com a prova de legislação de trânsito. Naquele município onde não tem restrições, nós vamos executar a prova escrita. Porque existe um cuidado diferente com esta etapa. São apenas 10 alunos numa sala ampla, para que estes 10 computadores instalados fiquem longe um do outro”, explica.

Veja muito mais na entrevista acima!

Tags: