Padilha declara voto em Lula e diz que Bolsonaro é desonesto

O autor de "Mecanismo" afirma que se equivocou com o juiz Sérgio Moro e o Procurador Deltan Dallagnol, responsáveis pela Lava Jato

O diretor de cinema e televisão José Padilha declarou em entrevista ao podcast A Malu tá On que se equivocou com o juiz Sergio Moro e com o procurador Deltan Dallagnol, os responsáveis pela condução da Lava Jato. Padilha também revelou que votaria no ex-presidente Lula para derrotar Bolsonaro (sem partido).

“Eu estava errado com relação ao Moro e ao processo jurídico que ele e Deltan fizeram na Lava Jato. Mas eu não estou e nunca estive errado sobre o Lula. Mas, se a eleição ficar entre Lula e Bolsonaro, voto no Lula”, declarou Padilha.

O diretor também revela que apenas um “desconectado da realidade” pode considerar o presidente Bolsonaro honesto. “É impossível cometer um erro maior do que esse. Tem que ser um sujeito completamente descolado da realidade para achar que o Bolsonaro se tornaria honesto e ético do nada. É uma inocência e falta de sensibilidade brutal, típica das pessoas que se acham acima do bem e do mal”, disse.

Tags: