Padre Bernardo: Homens são presos suspeitos de roubarem gado

O dono do Supermercado Bom Preço, José Adilson Ferreira foi suspenso de suas atividades econômicas, em Padre Bernardo. Já Cleyton Ferreira Júnior e Rogério Ribeiro Damasceno foram presos de forma preventiva. Os três são suspeitos por vários crimes como o furto de gado, alteração de marca de animais e crimes contra o consumidor. O pedido foi feito pelo Ministério público e a ordem partiu da juíza Luciana Kredens.

A denúncia criminal partiu da promotora de justiça Ariane Patrícia Gonçalves juntamente com Júlio Kleber Francisco Cardoso e Nativo Lucas Lacerda Júnior. Dessa forma, o dono do supermercado não pode vender qualquer carne de origem suína, bovina e de aves, com exceção das industrializadas.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A acusação é a de que em outubro de 2011, Rogério Ribeiro, Júlio e Nativo, furtaram 68 animais de uma fazenda em Padre Bernardo a mando de Cleyton que alugou uma fazenda para abrigar o gado. Em seguida, Rogério e Cleyton teriam alterado a marca dos animais para não haver suspeita de crime.

Os roubos ocorreram quatro vezes, sendo que em cada uma, 17 bois eram levados sem o consentimento da vítima. Já o dono do supermercado, José Adilson, teria comprado dois dos 68 bois roubados e que já estavam impróprios para o consumo humano.

*Com informações do Ministério Público

Tags: