Padre César Martínez morre, aos 94 anos, em Goiânia

Velório acontece no Colégio Agostiniano. Sepultamento será às 15h30 na capital

Morreu nesta sexta-feira (22), em Goiânia, o padre César Rafael Rodríguez Martínez, aos 94 anos. O religioso estava internado com quadro de pneumonia e insuficiência renal. Ele foi diretor do Colégio Agostiniano Nossa Senhora de Fátima, na capital.

O velório teve início às 9h, em Goiânia, no Espaço Confiança do Colégio Agostiniano Nossa Senhora de Fátima (entrada pelo Auditório, Rua 6-A). O sepultamento será no cemitério Jardim das Palmeiras. Às 15h30, haverá missa na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, setor Aeroporto, na capital.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Padre César, nascido na Espanha, chegou à Diocese de Jataí, sudoeste goiano, nos anos 1950. Também deixou legado em Goiânia, onde foi um dos responsáveis por consolidar o Colégio Agostiniano, fundado em 1964. Além disso, criou os movimentos Eureka e Coração Inquieto e é lembrado por trabalhos de evangelização, inclusive entre fiéis mais jovens.

LEIA TAMBÉM

• Pedestre morre em acidente na BR-153, em Goiânia• Confira o que ainda irá acontecer na Festa do Divino Pai Eterno, em Trindade• Covid-19: Quer se vacinar? Veja onde ir nesta quarta-feira, 29, em Goiânia

Em nota, o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, lamentou a morte do sacerdote. “Padre César será sempre lembrado pela abnegação, prática da caridade, e comprometimento com os valores cristãos”, afirma o texto.

Confira nota de falecimento do Colégio Agostiniano

 

 

Tags: