Palmeiras bate o Corinthians e mantém 100% em clássicos na temporada

Verdão sustenta a invencibilidade no Paulistão e garante melhor campanha da fase de grupos

Em jogo atrasado do Campeonato Paulista, o Palmeiras somou mais uma vitória. No Allianz Parque, o Verdão superou o Corinthians por 2×1 e manteve a invencibilidade ativa no estadual.

Pela primeira vez na história, o alviverde venceu os três rivais em sequência, sem nenhum outro jogo entre eles. A marca começou contra o São Paulo e passou pelo Santos antes de terminar com o Timão.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Intensidade e vantagem do Palmeiras

Empurrado por um público de quase 40 mil torcedores, o Palmeiras tomou as iniciativas desde o apito inicial. O Verdão circundava frequentemente o campo defensivo corintiano e o Timão aguardava para engrenar um contra-ataque efetivo.

LEIA TAMBÉM

• Vídeo: Vereadora impede colega de falar na tribuna após sindicatos serem acusados de “vagabundagem”• Palmeiras e São Paulo garantem vagas na Libertadores e Sul-Americana• Noite rubro-negra: Atlético-GO passa na Sula, Flamengo avança na Liberta

Aos 14 minutos, o time da casa quase abriu o placar. Após cruzamento de Dudu, Rony se atrapalhou na finalização e escorregou na área. Ele se levantou, conseguiu chutar, mas o arremate saiu torto. A defesa alvinegra afastou e Danilo retomou. O volante arriscou de fora da área e o goleiro Cássio defendeu em dois tempos.

O arqueiro da equipe visitante faria uma nova boa intervenção aos 18, em cabeceio de Gustavo Gómez. No minuto seguinte, foi a vez do Corinthians atacar.

Renato Augusto deu um belíssimo toque por elevação em direção a Fagner, que emendou de primeira e pegou muito mal, jogando para a lateral.

Pouco depois, veio o pênalti. Danilo invadiu a área e Gil impediu o prosseguimento da jogada. O árbitro consultou o VAR e apontou a penalidade máxima. Raphael Veiga foi para a cobrança e, como de praxe, não errou. 1×0 para o Palmeiras. Depois disso, a etapa ficou um pouco morna. O Corinthians subiu um pouco mais, só que sem sucesso.

Ânimos à flor da pele

O segundo tempo começou mais ou menos na mesma pegada. O Verdão seguia jogando com muita intensidade, mas o Timão se encorpou e tentou investir contra os rivais.

Aos oito minutos, Rony teve uma boa oportunidade depois de João Victor falhar na defesa. O atacante palestrino, no entanto, decidiu chutar de longe e isolou.

O erro custou caro. Cinco minutos depois, Roger Guedes entrou na área e foi derrubado por Murilo. Pênalti para o Corinthians.

O próprio Roger Guedes partiu para a marca da cal e cobrou alto, com perfeição, para igualar o marcador. O clássico ficou quente, porque o autor do gol comemorou provocando os adversários.

A partida foi ganhando cada vez mais tons de Derby, até que o Palmeiras voltou a saltar na frente. Aos 23, Rony cabeceou após cobrança de escanteio e Cássio defendeu em cima da linha. No rebote, Danilo precisou apenas completar para recolocar o alviverde em vantagem.

Na sequência, os ânimos permaneceram exaltados e os times ainda tentaram acertar a meta novamente. No entanto, o duelo não teve mais gols e o Palmeiras triunfou.

Com o resultado positivo, o Palmeiras confirmou a melhor campanha do Paulistão de 2022 e continua invicto na competição estadual. O Corinthians, por sua vez, perdeu o seu terceiro clássico no ano.

Tags: