Parlamento da Argentina aprova reforma da Previdência

Mesmo diante de violentos protestos, deputados decidiram seguir com a reforma para diminuir custos

O Parlamento argentino aprovou nessa terça-feira (19) a reforma da Previdência, mesmo após violentos protestos que eclodiram no país desde a última quinta-feira (14). A proposta, que tem como objetivo reduzir os aumentos previstos para os aposentados para diminuir o déficit fiscal, foi aprovado pela Câmara com 128 votos a favor, 116 contra e duas abstenções, após mais de 12 horas de sessão.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram
Enquanto os deputados tentavam aprovar o projeto na segunda-feira (18), houve protestos pelas ruas do país, segundo jornais locais. da Argentina. Pelo menos 109 pessoas ficaram feriadas durante as manifestações, dentre elas policiais e civis, de acordo com o Sistema de Atenção Média de Emergências de Buenos Aires.

LEIA TAMBÉM

• Vai pescar? Produtos apresentam variação de até 200%, em Goiânia• Goiás perde para o América e amarga a zona de rebaixamento• ‘Minha dor só não é maior do que o meu amor’, escreve Caiado sobre perda do filho

Lucas Mendonça (Com informações da Agência Brasil e o jornal argentino Clarín)