Home»Cotidiano»Pastor é preso por assassinato de pastora

Homem é foragido da justiça e suspeito de outros crimes cometidos no interior de Goiás, que ainda devem ser apurados

3
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

A Polícia Civil (PC) de Goiás confirmou na manhã dessa sexta-feira (29) a prisão do pastor Alexandre de Souza e Silva, de 47 anos, suspeito de assassinar a pastora Ailsa Regina Gonzaga, de 40 anos. Alexandre foi preso na última quinta-feira (28), em Brasília, Distrito Federal, e levou a polícia até uma mata no município de Aragoiânia, interior de Goiás, no qual enterrou o corpo de Alisa, que estava desaparecida desde o dia 08 de novembro de 2017.

Alisa foi morta a facadas no mesmo dia em que desapareceu, segundo relato do autor do crime para a PC, e sua motivação seria “problemas com ela”. Alexandre está temporariamente preso por 30 dias e também será autuado, em flagrante, por ocultação de cadáver.

Pastor é preso por assassinato de pastora. Notícia completa no link da bio ☝🏼#goias

A post shared by Diário do Estado (@jornal_diariodoestado) on

O homem é foragido da justiça e responde por crime de latrocínio ocorrido em 2002, em Itumbiara, interior de Goiás, além de ser suspeito de outros crimes, que ainda devem ser apurados.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!