Pastor evangélico dono de casa de recuperação é preso em Hidrolândia

Após denúncias contra uma casa de recuperação localizada em Aparecida de Goiânia, a Policia Militar chegou até o Pastor evangélico Daniel Batista de Moraes, o diretor da casa. Após uma breve investigação descobriu-se que o ele era um foragido da justiça, por crime de assassinato.

Segundo o relato do delegado responsável, Hellyton Carvalho, a casa explorava seus pacientes os forçando a vender doces, entre outros produtos em terminais de Goiânia. As ameaças chegavam ser com armas de fogo.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Pastor evangélico, Daniel era foragido da justiça desde o ano de 2012 quando foi condenado a nove anos de prisão por crime de assassinato. Aconteceu no ano de 2006, quando ele se envolveu em uma briga com Damião Batista durante uma festa familiar, e o assassinou a pauladas e pedradas.

LEIA TAMBÉM

• Correios realizam leilão de 289 motocicletas em Goiás• Anápolis: Homem é executado a tiros na frente da esposa e de do filho• Prefeitura de Goianésia realiza concurso com salário de até R$ 17 mil

A casa de recuperação estava localizada atualmente no setor Buriti Serena, em Aparecida de Goiânia, mas já teve sede em outros lugares, se mudando a partir de outras denuncias feitas.

O pastor se refugiou na cidade de Hidrolândia logo após as denuncias feitas contra a casa, que estava no nome de sua esposa. Daniel foi levado pela delegacia de homicídios, onde irá cumprir sua pena, além de responder pelos processos recebidos pela casa de recuperação.