Pastora é morta dentro de igreja por homem nu, em Goiânia

A pastora morreu após levar vários golpes de barra de ferro de um homem nu, no Residencial Kátia em Goiânia

Forças de segurança receberam uma denúncia nesta manhã(14), por volta das 05h, de que uma mulher teria sido morta a pauladas dentro da igreja Assembleia de Deus, no Residencial Kátia, em Goiânia.

Segundo a Polícia Militar do estado de Goiás (PMGO), Odete Rosalina da Costa, de 82 anos, era pastora evangélica e estava na igreja quando foi surpreendida por um homem nu que estava com uma barra de ferro. O suspeito encontrou a pastora, deu vários golpes com a barra de ferro e fugiu do local. Esse mesmo homem, após fugir da igreja, saiu correndo pelas ruas jogando pedras nos carros.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A PM foi acionada, mas quando chegou no local, o suspeito já havia fugido. O Corpo de Bombeiros também foi acionado e chegaram a tempo de atender a mulher com vida, mas a vítima sangrava muito e não resistiu às agressões.

De acordo com informações da Delegacia de Homicídios, o homem teria brigado com a família e em surto saiu correndo pelas ruas até entrar na igreja.

Após buscas pelo setor, o suspeito foi encontrado e preso pelo 42º BPM. O autor se chama Matheus Macaubas e tem 22 anos.

A pastora que foi assassinada é mãe do cantor gospel Delino Marçal, um dos maiores nomes do cenário gospel no Brasil e ganhador do Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa de 2019.