Home»Cotidiano»PC prende dois homens por revenda clandestina de combustíveis, em Goiânia

As investigações teve início há quatro meses.

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado

As equipes da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon) prenderam em flagrante, na última quarta-feira (16), duas pessoas, em um Lava jato localizado na Avenida Juiz de Fora, no Jardim Novo Mundo, em Goiânia. Os dois homens foram presos por revenda de combustível em desacordo com as normas estabelecidas, incorrendo assim em crime contra a ordem econômica.

A investigação teve início há quatro meses. Segundo a Polícia Civil, ficou constatado que um dos autores mantinha o lava jato num lote grande, onde a principal atividade era a revenda clandestina de combustível, de origem criminosa, uma vez que os motoristas de caminhão-tanque, mediante abuso de confiança, furtavam o produto inflamável transportado por eles e vendia. Aproveitando-se do grande espaço que tinham no lava jato para manobras e do subterfúgio de lavar os caminhões.

De acordo com a PC, no local foram encontrados aproximadamente 800 litros de etanol, armazenados em tambores nos cômodos do imóvel. Os dois autores foram encaminhados ao sistema prisional à disposição do Poder Judiciário, sem direito a fiança. Se condenados, podem pegar pena de um a cinco anos.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!