PM apreende tabletes de maconha com imagens de Bolsonaro fumando ‘baseado’, em Anápolis

Suspeito, que conseguiu fugir dos militares, seria o responsável pela venda de drogas na região

A Polícia Militar (PM) apreendeu tabletes de maconha com imagens do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), fumando um “baseado”. De acordo com a equipe do Tático da PM, o caso ocorreu no Residencial Santo Expedito, em Anápolis, a 55 km de Goiânia.

Os militares realizavam uma patrulha na tarde desta segunda-feira, 1º, pela rua Rio Quente, quando avistaram um homem em atitude suspeita, com uma mochila nas costas. De imediato, os policiais tentaram abordar o indivíduo. No entanto, ao perceber a intenção dos agentes, o indivíduo correu para o fundo de uma casa e jogou a mochila no chão.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Ao revistarem a bolsa, os policiais encontraram quatro tabletes de maconha com imagens do presidente Jair Bolsonaro fumando um “baseado”.

LEIA TAMBÉM

• Frente fria derruba temperatura, que chega a 5ºC em Goiás, nesta quinta e sexta-feira• Caiado tem 57% dos votos válidos, aponta pesquisa Diagnóstico• Custos do transporte por aplicativos aumentam e afetam profissionais e usuários

Os policiais entraram na residência, para onde o homem havia corrido, mas não o localizaram. Porém, um outro indivíduo que se identificou como irmão do rapaz que fugiu, disse que o suspeito realiza a venda de drogas na região.

Diante dos fatos, a droga apreendida foi encaminhada para a para a Central de Flagrantes de Anápolis. Até o fechamento desta matéria, ninguém havia sido preso.

Espanhola é presa após tentar embarcar com droga escondida em mala, no aeroporto em Goiânia

Uma turista espanhola de 52 anos que não teve a identidade revelada foi presa em flagrante no aeroporto de Goiânia, no último sabádo,30,  após tentar passar pela polícia federal com 8 quilos de cocaína que estavam em um fundo falso da mala.

Indícios de cocaína encontrada na mala. (Foto: Divulgação PF)

Ela embarcaria na capital, faria uma conexão com São Paulo,  seguindo com destino final a Mdrid, na Espanha. As drogas foram descobertas depois que as malas da mulher foram passadas pelo detector raio-x, no qual identificou a presença de material orgânico.

Raio-x identifica material orgânico em malas de turista. (Foto: Divulgação PF)

A turista foi presa em flagrante pela Receita Federal por tráfico internacional de drogas. A pena pelo crime pode chegar a 15 anos de reclusão.

 

Tags: