Polícia Civil mira vigilantes que promoviam festas na Unidade Prisional de Inhumas

A Polícia Civil cumpre seis mandados de busca e apreensão na residência de vigilantes penitenciários temporários da Unidade Prisional de Inhumas. A operação investiga quatro vigilantes que, segundo as investigações, faziam festas durante os plantões, com churrasco e bebidas alcoólicas.

Conforme apontou a Polícia, os vigilantes convidavam mulheres para as festas na unidade prisional. Além disso, presos que cumprem pena por estupro eram liberados e, com viaturas dos vigilantes, compravam bebidas nas distribuidores da cidade.

40 policiais civis das cidades de Inhumas, Goianira, Nerópolis e Anápolis estão envolvidos na operação. De acordo com o delegado Humberto Teófilo, que preside as investigações, as atitudes dos funcionários se caracterizam como peculato. Os quatro investigados foram afastados de suas funções.

Tags: