Polícia Civil prende homem que mantinha companheira grávida em cárcere privado 

Vítima já havia perdido um filho devido as agressões

Na manhã desta terça-feira, 13, a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Posse, prendeu homem que manteve a companheira em cárcere privado e a agredia fisicamente.

Segundo a Polícia Civil,  no dia 6 de outubro último, a vítima foi levada, contra sua vontade, para um local ermo onde foi espancada durante quatro horas pelo companheiro. As agressões só acabaram quando ela concordou em voltar com o homem.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

No dia seguinte, o suspeito trancou a mulher em casa e foi trabalhar. A vítima conseguiu fugir pela janela e se escondeu na casa de parentes.Devido a medo do agressor, a mulher só procurou a Polícia Civil dois dias após as agressões, solicitando medidas protetivas.

A Polícia Civil decretou a prisão preventiva do investigado, medida que foi cumprida hoje. O investigado está à disposição do Poder Judiciário.

A vítima, que está grávida de sete meses, contou que já teria perdido um filho em 2019 devido as agressões do companheiro.

Foto: Polícia Civil

Tags: