Home»Cotidiano»Polícia ouve vítimas abusadas por líder de seita, em Caiapônia
0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado

Segundo informações da Polícia Civil, o delegado Marlon Luz, de Caiapônia, ouviu uma das vítimas da Operação Anjo da Guarda 2, uma menina de 13 anos que teria sido abusada por Nilson Alves de Sousa de 42 anos, líder de uma seita.

A menina relatou, entre outras coisas, que foi abusada por sete dias seguidos, na frente de outra criança mais nova. Além disso, apareceu uma nova vítima dos abusos, uma menina de apenas 3 anos de idade. A criança, irmã de outras duas vítimas, estaria na casa da avó paterna quando viu reportagem sobre a ação policial e ficou apavorada ao ouvir a voz do investigado. Na sequência, a avó veio a descobrir, por relatos da própria criança, que o investigado teria praticado masturbação na menina.

A garotinha deve ser encaminhada pelo Conselho Tutelar a Goiânia, onde deverá receber tratamento psicológico.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!