Home»Cotidiano»Polícia prende cinco pessoas por incêndio em Secretaria de Obras, em Aragarças

Segundo os criminosos a motivação do incêndio foi em represália à morte de Jeferson Alves Martins, membro da facção criminosa

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado



Foram presos neste domingo (10), três pessoas e dois menores apreendidos, suspeitos de terem colocado fogo em sete ônibus escolares, um rabecão do IML e uma ambulância da prefeitura de Aragarças-GO na divisa de Mato Grosso. Os presos são membros de uma facção criminosa.

O incêndio aconteceu na madrugada de domingo e segundo os criminosos a motivação do incêndio foi em represália à morte de Jeferson Alves Martins conhecido como ‘Jefinho’ de 25 anos. Ele morreu em confronto com a Polícia Militar enquanto roubava gados na zona rural de Bom Jardim de Goiás.

As prisões foram realizadas pelo Grupo Patrulhamento Tático (GPT), Polícia Militar de Goiás, Agência de Inteligência da PM, Polícia Militar de Mato Grosso e Polícia Civil de Aragarças sob comando do delegado Ricardo Galvão.

Uma mulher também presa no grupo assumiu a autoria do crime. No passado, Jefinho já foi preso por causa de tráfico em Aragarças. No final de 2018 ele voltou a ser detido por causa de ameaças em Pontal do Araguaia.

O pátio da Secretaria de Obras da prefeitura de Aragarças continua isolado e aguarda a força tarefa de Goiânia que chega hoje para perícia.

 

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!