Polícia reconstitui acidente com carro alegórico da Paraíso de Tuiuti

O carro alegórico da escola de samba Paraíso do Tuiuti que, desgovernado, atropelou e feriu 20 pessoas no primeiro dia de desfiles do Grupo Especial foi levado de volta à Marquês de Sapucaí na manhã desta quarta-feira (1). Conforme informou o Bom Dia Rio, a polícia fará a reprodução simulada do acidente.

O trabalho pericial poderá ajudar a polícia a esclarecer as causas do acidente. O carro passou já passou por duas perícias – uma preliminar, logo após o desfile da agremiação, e outra na manhã seguinte ao acidente.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Os peritos descobriram uma roda quebrada no carro. Na perícia preliminar, o delegado William Lourenço, substituto na 6ª DP (Cidade Nova) havia afirmado que não foi identificada falha mecânica no veículo. O laudo com o resultado final ainda não tem data para ser concluído.

LEIA TAMBÉM

• De volta: Festas juninas chegam a movimentar R$100 milhões em Goiás• Zeca Pagodinho ameaça deixar o Brasil• Último dia de desfile de Carnaval em Goiânia tem Bloco da Diversidade

Testemunhas contaram que, primeiro, o carro bateu na grade que separa a arquibancada da pista. Nas imagens que foram registradas do acidente é possível ver uma correria. O carro, já do outro lado da avenida, atropelou algumas pessoas que estavam em frente às cabines de serviço. Depois, foi para trás e acabou prensando quem estava perto da grade.

Tags: