Jornal Diário do Estado

Prefeitura de Goiânia inicia retirada de 112 jamelões em avenida do Parque Amazônia

Objetivo é reduzir número de acidentes no período chuvoso, já que frutos da árvore, quando caem no asfalto, tornam a pista escorregadia

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Companhia de Urbanização (Comurg), inicia nesta segunda-feira, 21, a retirada de 112 jamelões na Avenida Antônio Fidélis, no Parque Amazônia. A medida tem como objetivo reduzir o número de acidentes no período chuvoso, já que os frutos da árvore, quando caem no asfalto, tornam a pista escorregadia.

Durante os próximos dias, a Comurg trabalhará no canteiro central da avenida, de forma alternada, uma vez que algumas unidades serão completamente extirpadas e outras terão poda severa. O esquema garante menos impacto visual e ecológico e ainda permite que cresçam as outras árvores já plantadas há alguns meses para substituir os jamelões. A maioria das árvores está com altura média de dois metros, e algumas estão sufocadas e recebendo pouca incidência de raios solares por conta dos jamelões. A ação atende ao ofício técnico da Agência Ambiental do Meio Ambiente (Amma).

Segundo o presidente da Comurg, Alisson Borges, a Prefeitura vem fazendo a substituição gradativa dos jamelões na cidade. ”Esta é uma ação importante e bem planejada, já que a retirada da espécie traz segurança aos motoristas e motociclistas”, afirma.

O presidente alerta que as atividades de poda e corte de exemplares arbóreos em passeios públicos, canteiros centrais e praças devem ser realizadas exclusivamente pela Comurg. “Se o cidadão tiver interesse em retirar ou podar alguma árvore, deve, primeiramente, entrar em contato com a Prefeitura”, orienta Borges.