Home»Cotidiano»Projeto promove ações contra obesidade em Goiânia

As iniciativas ocorrem mensalmente no Cais Amendoeiras em parceria com o Grupo Pipoca

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

Na próxima segunda segunda (25), o Programa de Intervenção e Prevenção da Obesidade para Crianças e Adolescentes, conhecido como Grupo Pipoca, que promove ações mensalmente, vai reunir crianças e adolescentes que são atendidos em dias diferentes para uma confraternização em clima de festa junina. O arraiá terá comida típica, quadrilha e distribuição de receitinhas.

A iniciativa ajuda no controle e tratamento do excesso de peso da população infanto-juvenil por meio da educação nutricional continuada. O Grupo é um projeto de extensão da Faculdade de Nutrição da Universidade Federal de Goiás (UFG) em parceria com o Programa de Prevenção e Controle da Obesidade (PPCO) do Cais Amendoeiras.

Ações como essa, desenvolvida no Cais Amendoeiras têm ajudado as pessoas a adquirir hábitos para uma vida mais saudável. Um estudo divulgado esta semana pelo Ministério da Saúde (MS), de acordo com a Pesquisa de Vigilância e Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) 2017, mostra que a prevalência da obesidade e do excesso de peso está estagnada nas capitais brasileiras. Segundo a pesquisa, 18,5% dos brasileiros são obesos e mais da metade da população das capitais está com excesso de peso.

A boa notícia é que no mesmo período o consumo de refrigerantes e bebidas açucaradas caiu 52,8%, saindo de 30,9% para 14,6% e o consumo de frutas e hortaliças subiu 4,8%. Outro fato a comemorar é que a prática de atividades físicas aumentou 24,1% de 2009 a 2017.

Grupo Pipoca

O grupo que existe desde 2006 e já atendeu aproximadamente 300 crianças e adolescentes, trabalha principalmente com a reeducação alimentar. Somente quando há necessidade de algum tratamento especifico os pacientes são encaminhados para o profissional responsável dentro da própria unidade. A família também é envolvida no processo. “Mudar hábitos alimentares não é fácil, por isso, trabalhamos com toda a família”, enfatiza a nutricionista do Cais Amendoeiras, Renata Félix.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!