Home»Cotidiano»Quadrilha de estelionatários é presa em Goiânia

Grupo foi flagrado pouco antes de sacar R$ 4 milhões.

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado

No final da tarde desta última quinta-feira (12), quatro suspeitos de integrar uma quadrilha de estelionatários que agem em todo o Brasil foram presos em flagrante, eles estavam hospedados há oito dias em um hotel de luxo em Goiânia.

Ricardo Parente de Araújo, de 53 anos, Elias Rios Silva, de 61 anos, e Paulo Ferreira de Sousa, de 54 anos, ainda de acordo com o delegado, são do Rio de Janeiro, e contavam, aqui, com o apoio de Joylson de Sousa Santana, que já morou em Goiânia, e acumula sete passagens criminais.

O grupo foi flagrado por agentes do 4º Distrito Policial pouco antes de sacar R$ 4 milhões em uma agência bancária localizada no Setor Bueno.

De acordo com o delegado Carlos Caetano, titular do 4º DP de Goiânia, após terem acesso às contas de um grande empresário que mora na Europa, os estelionatários conseguiram uma procuração falsa, e vieram para Goiânia.

Os quatro presos foram autuados em flagrante por estelionato, uso de documentos falsos, e associação criminosa, crimes que, juntos, tem pena de reclusão de até 10 anos.

Um quinto suspeito, que seria o líder da quadrilha, e que fugiu ao perceber a movimentação dos policiais no hotel, que fica no Setor Oeste, está sendo procurado. Este suspeito, segundo Carlos Caetano, contratou um advogado que chegou na delegacia no início da noite para acompanhar os quatro presos, momentos antes do delegado concluir as oitivas, e encerrar o flagrante.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!