Radar: Governança eficiente

Goiás é um dos cinco estados brasileiros, ao lado da Bahia, Pará, Santa Catarina e Distrito Federal, que receberá do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) apoio técnico para implantar projeto de melhoria da administração pública para a cidadania, que é coordenado pela Segplan. O objetivo, segundo o secretário Joaquim Mesquita (foto), é fortalecer a capacidade institucional do Estado para uma melhor gestão do gasto público.

Concursos suspeitos

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram
Provoca muita insegurança, além de indignação, o fato de o concurso para delegado substituto em Goiás ser objeto de fraude tão escandalosa. Absurdo é ver que havia na direção quem determinava as notas, porque os fraudadores nem respondiam o gabarito. Isso acrescenta o item “suspeição” em todos os concursos.

LEIA TAMBÉM

• PT e PP juntos no Mato Grosso podem aproximar Lula do agronegócio• Facebook é multado em mais de R$ 10 milhões por tráfico de animais silvestres• Cármen Lúcia envia à PGR indícios da interferência de Bolsonaro na investigação do MEC

Números animadores
Goiás teve o segundo maior crescimento na produção industrial do País em janeiro, segundo a Pesquisa Industrial Mensal do IBGE. O índice, divulgado ontem, aponta uma expansão de 2,4% na indústria goiana, enquanto a média nacional registrou queda de 0,1%, na comparação entre janeiro e dezembro de 2016.

Ranking industrial

Apesar da queda na média nacional, 9 das 14 regiões pesquisadas tiveram crescimento na produção industrial: além do Espírito Santo e Goiás, Pará (2,4%), Pernambuco (2,1%), São Paulo (1%), Minas Gerais (0,7%), Santa Catarina (0,6%), Amazonas (0,5%) e Rio de Janeiro (0,3%). Bahia (-4,3%), Ceará (-3,4%), Rio Grande do Sul (-3,1%) e Paraná (-0,8%) recuaram.


Metas fiscais

O secretário estadual da Fazenda, Fernando Navarrete, fará hoje sua estreia na Assembleia Legislativa, onde vai apresentar o desempenho das contas estaduais no último quadrimestre de 2016.

No limite
Marconi deu todos os sinais ontem, sobre as movimentações na base governista: Vai deixar a corda esticar, esticar e esticar. Quem for mais forte, segura o tranco.


Bem humorado

O governador encerrou coletiva ontem, no meeting dos institutos de assistência de servidores públicos, sorrindo, no momento que acabava de dizer aos jornalistas que se tivessem dez vagas majoritárias na base aliada, “estava tudo resolvido”.


Pingos nos is

Ontem, o líder tucano aproveitou a entrevista para mandar recados. Disse que há partidos que se dizem da base, mas não estavam nela em 2014.

PMDB, a mula do DEM
Depois de se eleger senador com apoio do PMDB, Ronaldo Caiado quer usar o partido de Daniel Vilela para chegar ao Palácio das Esmeraldas. Detalhe: sem compromisso de filiação partidária.

Arca de Noé
Ronaldo Caiado pensa numa frente de oposição com Deus e todo mundo. A ideia é oferecer agasalho para Lúcia Vânia, Alcides Rodrigues, José Nelto, Jorge Kajuru, Jovair Arantes, Magda Mofatto, Alexandre Baldy e até Vanderlan Cardoso. Só não cabe Marconi Perillo.


Lista do Janot

Na ótica do Palácio do Planalto, a derrubada do sigilo das delações da Odebrecht vai atingir um número tão grande de políticos que o impacto será diluído.

15 de março
As Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo promovem, hoje, mobilização contra reforma da Previdência.

Distensão política
Marconi telefonou ontem para a senadora Lúcia Vânia (PSB) e a cumprimentou pela eleição para presidência Comissão da Educação Cultura e Esporte (CE) do Senado, ocorrida por aclamação.

8 + 8 + 8 = 24
Sem se preocupar com a tabuada, Lúcia Vânia caminha para completar 16 anos no Senado. E resolveu agora se movimentar, no vácuo do discurso da renovação, para ficar mais 8 anos em Brasília.


Aborto permitido

É de se estranhar o silêncio da ex-deputada Iris Araújo, mulher de Iris Rezende, sobre o fechamento da Maternidade Dona Iris, na Vila Redenção. Igual fotografia, uma placa fala por mil palavras.

Hibernação
Alcides Rodrigues, ex-governador de Goiás, encontra-se enfurnado em Santa Helena de Goiás e só quer falar de política no momento oportuno. Ele deixou o PP e está filiado ao PRP, o partido de Jorcelino Braga.

Cobrança
Em pronunciamento no Pequeno Expediente, ontem, o deputado Cláudio Meirelles (PR) cobrou do líder do Governo, deputado Francisco Oliveira (PSDB), a liberação de emendas de iniciativa parlamentar.

PT na ofensiva
Ontem, na Assembleia, o deputado Luiz César Bueno (PT) sugeriu da tribuna criação de CPI para investigar a situação dos presídios em Goiás.