Radar: O real inimigo

O prefeito de Santa Terezinha, Marcos Cabral (DEM), encheu a bola de Marconi na passagem da caravana do Goiás na Frente. Disse que não gosta de “picuinha, críticas infundadas” e enfatizou que adversário do DEM no município é o “PMDB”. “Nós temos é que combater o PMDB, que tanto mal causou a esta cidade e ao Estado de Goiás”, bradou.

Bye, bye Brasil

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram
Segundo números do Instituto Paraná Pesquisas, divulgados pelo jornal O Globo 34,6% dos brasileiros ouvidos disseram que morariam no exterior, enquanto 62,8% não desistiriam do Brasil (2,6% não opinaram).

LEIA TAMBÉM

• Suspeito de seis homicídios, jovem de 18 anos é preso em Goiânia• Vídeo: piloto se envolve em acidente assustador na Fórmula 1• Homem é morto e namorada fica sob mira de revólver, em Aparecida de Goiânia

Principal argumento
Peemedebistas favoráveis a uma aliança com Caiado afirmam que se houver racha na oposição, a base de Marconi ganha mais uma eleição em Goiás.

Pontos a favor
Partidários da candidatura de Ronaldo Caiado (DEM) a governador alegam que o senador além de não ter sido envolvido na Lava Jato, é hoje um nome conhecido. E isso numa campanha curta faz uma enorme diferença.

Problema algum
No encontro de Inhumas, Daniel Vilela disse que PMDB não promove qualquer tipo de represália a seus prefeitos que assinam convênios com o Estado, mas joga um balde de gelo na possibilidade de aliança com PSDB.


Fato ou boato?

A vereadora Cristina Lopes (PSDB) Cristina alega que é intenção da prefeitura de rever a Planta de Valores de Goiânia, o que pode gerar aumento de impostos.

Foco de Iris
O prefeito de Goiânia, Iris Rezende, diz que não tem o menor cabimento um político acabar de tomar posse e já ficar fazendo planos para a próxima eleição. “Estou focado na questão administrativa”, avisa.


Procura por aliados

O PSD e o PTB não os partidos da base aliada que estão na mira do PMDB.

Frase do dia
“O presidente escapou da guilhotina, mas os irmãos podem estar a caminho dela” (Eliane Cantanhêde, jornalista, sobre rumos das delações da JBS).

Bombou
O tititi do meio político no fim de semana foi a entrevista de Marconi Perillo à revista Veja.

Fiel da balança
Sobre a permanência do PSDB na base de apoio de Temer, Marconi ponderou que a legenda “foi o principal fiador do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT)”.

Debate interno
O governador argumentou que “um partido democrático como o PSDB precisa conviver – e sempre conviveu – com diferentes opiniões em relação a diversos temas”.

Decisão correta
Marconi disse que o partido “acertou com o presidente Temer uma agenda voltada para a retomada do crescimento econômico e para outras reformas”.

Autocrítica
Para o tucano, quem eventualmente cometeu erros deve pedir desculpas. “Não diria o partido como um todo.”

Enfim, juntos!
Chamou a afinidade e a descontração do senador Wilder Morais (PP) com o deputado Daniel Vilela, presidente estadual do PMDB, durante a entrega de Medalhas do Mérito Pedro Ludovico, na Assembleia Legislativa.

O tempo e o vento
Semana passada, em Aparecida de Goiânia, o ex-prefeito Maguito Vilela, pai de Daniel Vilela, trocou elogios com o governador Marconi Perillo (PSDB) sob olhares de satisfação do prefeito, Gustavo Mendanha, do PMDB.

Inhumas e outras
O senador Ronaldo Caiado, do DEM, que está apaixonado pelo PMDB, não recebeu convite para participar do Encontro Regional de Inhumas no fim de semana.

Assunto do momento
A reforma política foi o tema do debate que o PSDB de Goiânia promoveu no fim de semana. O presidente do partido na Capital, Thiago Albernaz, diz que a intenção é discutir e alinhar o discurso sobre a posição do partido no processo. “Há um anseio por mudanças”, avalia.

“O pior já passou”

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ressalta os recentes dados do IPCA, segundo os quais a inflação nos últimos 12 meses foi a menor desde 1999. Para ele, somados ao aumento do saldo positivo de empregos, é mais um sinal da recuperação da economia do País, que viveu a pior recessão econômica de sua história.

.