Rangel brilha e Goiás avança na Copa do Brasil

O Goiás se classificou para a terceira fase da Copa do Brasil vencendo, de novo, o Boa Esporte nos pênaltis. Quase um replay do jogo do ano passado, Marcelo Rangel voltou a brilhar, defendeu duas cobranças que ajudaram a classificar sua equipe.

No tempo normal, o Goiás foi superior, criou mais chances e esteve perto de abrir o placar. Também pediu pênalti em Carlos Eduardo, depois de uma jogada individual pela direita, mas o árbitro mandou seguir. Nos minutos finais, os técnicos das duas equipes foram expulsos. Hélio dos Anjos e Sidney Morais acompanharam a disputa de pênaltis de dentro dos vestiários.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

– Se alguém tiver filmado vai ver que foi pênalti. O Gilsan também chegou em mim. “Carlos, infelizmente eu toquei, mas o juizão não deu, graças a Deus ele não deu”, o Gilsan me falou desse jeito. Mas vida que segue, o importante é que a gente conseguiu a vitória, independente desse erro – disse o atacante Carlos Eduardo

Na marca da cal, o Boa Esporte foi o primeiro a bater. Cristiano converteu. Giovanni fez para o Goiás. Marcelo Rangel começou a fazer história quando defendeu bem a cobrança de Gabriel Pereira, no canto direito. Caíque Sá fez e colocou o Goiás na frente. Na cobrança de Igor Ribeiro para o Boa, Rangel mais uma vez defendeu, dessa vez no canto esquerdo.

Na sequência, Eduardo Brock mandou por cima do gol. Alyson converteu para o Boa, 2 a 2. Maranhão fez 3 a 2. Sapé voltou a empatar, mas com uma cobrança atrás. O pênalti decisivo estava nos pés de Léo Sena. O jovem volante do Goiás foi para a bola mas parou na defesa de Fabrício, que colocou o Boa Esporte de novo no jogo, e empatou de vez a disputa, 3 a 3.

Com tudo igual, depois que Caíque do Boa, e Junior Viçosa do Goiás, converteram suas cobranças, era hora dos alternados. O primeiro a bater para o Boa foi Amaral. Para o Goiás, Jefferson também fez. Na segunda cobrança alternada, Lucas Hulk mandou pra fora. A classificação ficou com David Duarte, do Goiás, e ele não perdeu. Canto direito do goleiro e Goiás classificado para a terceira fase da Copa do Brasil.

– Pelo jogo que a gente fez, o tempo todo, o adversário não criou nenhuma chance de gol. Nós tivemos várias possibilidades de abrir o placar, e tem que lembrar também que nós jogamos contra a melhor defesa do Campeonato Mineiro, que foi o Boa – disse o goleiro Marcelo Rangel

Agora, o Goiás espera o adversário da próxima fase, que pode ser o Uberlândia ou o Coritiba. A data dos jogos ainda não foi definida, mas o primeiro jogo acontecerá em Goiânia.

Tags: