Jornal Diário do Estado

Relatório parcial da CEI da SMT é divulgado

Nesta sexta-feira (25), a Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga supostas irregularidades na Secretaria Municipal de Trânsito (SMT) apresentou um relatório parcial sobre a apuração da compra de quatro mil cavaletes.

No relatório apresentado pelo vereador Eduardo Prado (PV) foi apontado o envolvimento de quatro servidores no que pode ser constatado como improbidade administrativa. Os servidores da SMT que podem estar envolvidos são: Maria Bernadete dos Santos, Alexandre Silva Kruk, Patrícia Duarte e José Carlos Martins.

De acordo com o vereador, a situação de Maria Bernadete seria o mais grave. “Ela atestou nota fiscal para quatro mil cavaletes no dia 3 de julho de 2015, sendo que não ocupava mais o cargo de diretora administrativa desde 19 de maio de 2015. Creio que ela deve responder por falsidade ideológica e recomendo que seja exonerada do cargo que atualmente ocupa na Secretaria Municipal de Educação”, afirmou.

Agora, o relatório parcial do vereador vai ser analisado pelos demais membros da CEI da SMT. O documento será apreciado na semana que vem. Depois de passar por votação na Câmara, o relatório será encaminhado Ministério Público do Estado de Goiás, Prefeitura Municipal de Goiânia, Controladoria Geral do Município, Procuradoria Geral do Município, Polícia Civil, entre outros órgãos.