Rio Verde tem feriado de Corpus Christi marcado por mortes

Cidade registrou três óbitos e duas pessoas feridas. Crimes envolvem homicídio, tentativa de homicídio e confronto

Uma festa acabou com três mortos e uma pessoa ferida, na madrugada desta quinta-feira, 16, Rio Verde. A série de mortes começou com Gustavo Alexandre Cezário, de 25 anos, que foi assassinado a tiros no evento que aconteceu na zona rural da cidade. O jovem foi alvejado após questionar o motivo de um homem estar atirando para cima durante a festa. O autor não gostou da pergunta, e, segundo a Polícia Civil (PC), se aproximou e efetuou um disparo no peito de Gustavo, que correu e recebeu um segundo tiro nas costas.

O homem tentou acertar novamente a vítima com um terceiro disparo, mas acabou errando o alvo e acertando a perna de uma mulher que estava entrando no carro para ir embora. O autor do crime e o comparsa fugiram do local depois do homicídio, mas foram localizados pela Polícia Militar (PM) horas depois, no Bairro da Liberdade. Ao perceberem que seriam abordados, os homens trocaram tiros com a corporação, mas acabaram sendo baleados e mortos. Eles estavam em posse de dois revólveres, além de munição e drogas.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Garota de programa é esfaqueada por gêmeos, em Rio Verde

Na quarta-feira, 15, também em Rio Verde, dois gêmeos, de 26 anos, foram presos suspeitos de tentar matar a vizinha a facadas no bar onde ela trabalha como garota de programa. Eles disseram que há tempos tinham vontade de matar a vítima por conta de desentendimentos antigos. Os três moram em kitinets construídas no mesmo lote. Depois de ser atingida no peito pelos irmãos, a mulher precisou ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada a unidade de saúde da cidade, onde se recupera bem.

LEIA TAMBÉM

• Tráfico de drogas e armas corre solto nas plataformas digitais• Anápolis: Homem é executado a tiros na frente da esposa e de do filho• Fazendeiro que mandou matar corretor em Rio Verde tem prisão decretada pela Justiça

Os dois irmãos foram abordados na rua por uma viatura do Comando de Policiamento Especializado (CPE) da Polícia Militar (PM), após serem flagrados pela corporação correndo com as mãos sujas de sangue. Ao serem presos, os dois confessaram a tentativa de homicídio e que compraram a faca “apenas” para matar a mulher. O objeto usado no crime foi apreendido, após ser encontrado dentro da pia do bar.

Mulher foi esfaqueada no peito por gêmeos. (Foto: Reprodução/G1)
Tags: