Rodovias estaduais receberão nova iluminação

A Agência Goiana de Transportes o Obras (Agetop) informou que deve investir cerca de R$ 300 milhões, oriundos do Fundo de Transporte, na manutenção, sinalização instalação de defensas e, especialmente, na iluminação das rodovias estaduais.

Segundo o presidente do órgão, Jayme Rincón, as rodovias que foram recentemente iluminadas registraram índice zero de acidentes noturnos.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O novo padrão de iluminação vai além das luminárias públicas e se estende para o asfalto, com a aplicação de um padrão horizontal e vertical de orientação ao motorista. Recentemente, esse padrão foi totalmente remodelado para oferecer mais segurança aos motoristas.

LEIA TAMBÉM

• Para reduzir acidentes, PRF realiza Operação Corpus Christi 2022• Caminhoneiros goianos decidem parar após novo aumento do diesel• Região do Daia deve passar por melhorias a partir da próxima semana

A primeira rodovia a receber esse novo padrão de iluminação é a GO 020, entre o Autódromo de Goiânia e Bela Vista de Goiás, na altura do trevo de acesso à cidade de Piracanjuba, constando ao todo 43 quilômetros. Neste trecho foi adotada a nova sinalização vertical da pista e aumentada a largura das faixas. Também foi feita a colocação de tachões metálicos mais refletivos.

A próxima rodovia a receber a nova identificação visual será a GO-070, no trecho entre Goiânia e Itaberaí. O serviço será executado após o fim do período chuvoso, no início de abril. Neste mesmo período serão retomadas as obras de duplicação que estavam paralisadas por conta das chuvas: o trecho de 36 quilômetros da GO 070 entre Itaberaí e Cidade de Goiás, e sua sequência com 23 quilômetros entre Itaberaí e Mossâmedes.

Também constam no cronograma de execução de obras da Agetop a duplicação de 44 quilômetros na GO-080, no trecho entre Nerópolis e a BR-153, passando por Petrolina e São Francisco de Goiás e os 54 quilômetros da GO 213, no trecho entre Morrinhos e Caldas Novas.

Tags: