Jornal Diário do Estado

Ronaldo Caiado lamenta morte de Dona Iris e destaca ‘protagonismo’

Governador de Goiás publicou nota a respeito do falecimento de uma das mais importantes figuras políticas do estado

O atual governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil) lamentou publicamente o falecimento de Dona Iris. A ex-primeira dama morreu nesta terça-feira, 21, depois de estar internada no Hospital Albert Einstein, em Goiânia. Em nota, Caiado destacou o “grande protagonismo” de Dona Iris na história política do estado, relembrando a época em que estiveram juntos na Câmara dos Deputados.

“Fomos colegas na Câmara Federal e testemunho que ela exerceu seus mandatos coragem e altivez. Dona Iris foi sempre uma voz em defesa do povo goiano. Rogo a Deus que a receba em seus braços e que conforte toda sua família nesse momento de dor e luto”, publicou Caiado. Veja a homenagem completa do governador de Goiás por aqui.

O falecimento de Dona Iris

A ex-deputada federal e esposa de Iris Rezende, Dona Iris, morreu nesta terça-feira, 21, em Goiânia. Aos 79 anos de idade, ela estava internada no Hospital Albert Einstein. No final do ano passado, teve uma infecção nos rins, o que a levou a uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Ela tinha 79 anos de idade. Seu marido, Iris Rezende, morreu no ano retrasado, mais precisamente em 9 de novembro, aos 87 anos. Os dois foram importantes figuras políticas da história de Goiás, e deixam três filhos.