Home»Justiça»Rotam desarticula mais uma quadrilha especializada em explosões de agências bancárias

É a quarta quadrilha especializada neste tipo de crime desarticulada somente neste ano. Suspeitos também atuavam no tráfico de drogas

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado

Policiais militares da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) desarticularam no último sábado (16), em Aparecida de Goiânia, mais uma associação criminosa especializada em explosões de agências bancárias. É a quarta quadrilha que atuava neste tipo de crime detida pelas forças policiais em 2019.

A ação foi realizada após uma denúncia de que a quadrilha estaria escondida em uma casa no Setor Mansões Paraíso. No local, dois homens reagiram à abordagem, dispararam contra os policiais e acabaram mortos. Outros três suspeitos acabaram presos. Um deles teria assassinado um policial há quase quatro anos.

Todos os suspeitos vieram do Pará e se preparavam para atacar agências bancárias em Goiás. Há, ainda, a suspeita de que os cinco integravam facção criminosa de São Paulo, com ramificações em outros estados.

Conforme apurado pela Polícia Militar, o grupo também atuava no tráfico de drogas. Na casa, foram encontrados mais de 200 quilos de maconha, além de materiais usados em explosões de caixas eletrônicos, como cordel detonante, explosivos e estopins hidráulicos. Também foram apreendidas duas armas de fogo e munições.

Segundo o secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, todas as forças policiais goianas estão preparadas para enfrentar a criminalidade. “Nossos policiais são altamente qualificados e estão trabalhando para evitar nos crimes. Ataques de banidos serão respondidos à altura”, afirma.

 

Quadrilhas desarticuladas

Na última semana, a Rotam também impediu que outra associação criminosa atacasse uma agência do Banco do Brasil, em Aparecida de Goiânia. Também em fevereiro, uma operação integrada entre as polícias Civil e Militar deteve uma quadrilha que atacava caixas eletrônicos na região do Entorno do Distrito Federal.

Em janeiro, em outra ação integrada, as duas forças policiais prenderam nove suspeitos de ataques a bancos de Goianésia, Morrinhos e Nova Crixás. “Os policiais goianos são exemplos de dedicação e empenho. São homens e mulheres que merecem nosso total respeito”, afirmou o governador Ronaldo Caiado, na apresentação dos suspeitos.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!