Jornal Diário do Estado

Secretaria de Saúde confirma morte de macaco por febre amarela em Goiânia

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia confirmou a morte de um macaco por febre amarela. O animal pertencia ao Zoológico da capital, foi encontrado morto e levado para análise que deram positivo para a doença. Porém, em nota, a SMS informou que não há motivo para pânico aos goianienses que já são vacinados com duas doses da vacina, o que representa 94% da população.

“As amostras foram coletadas pela Diretoria de Zoonoses de Goiânia que, acionada, prontamente recolheu o animal para ser necropsiado. O material coletado foi encaminhado ao Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) que atestou positivo para febre amarela. A prefeitura vai encaminhar as amostras a laboratórios de Brasília e São Paulo para novas análises, diz a nota.

A secretaria ainda informou que executa as medidas preventivas para proteger a população e minimizar o risco de transmissão da doença em Goiânia como o combate ao mosquito aedes aegypti e ampliação da cobertura vacinal em áreas prioritárias.

Segundo a nota, todos os servidores do Zoológico foram vacinados no início do ano e orientou a população que reside em bairros próximos ao parque deve se vacinar, caso não tenha recebido duas doses, e pedirá o cartão a todos os visitantes como medida preventiva.

“Portanto, cabe acrescentar que não há qualquer evidência da circulação do vírus da febre amarela no município de Goiânia entre humanos”, continuou.

A vacinação só será feita em unidades de saúde devido à necessidade de verificação da situação vacinal no cartão eletrônico disponível em todos CAIS. Essa verificação é necessária para quem não possui cartão de vacina.

*Com informações da Secretaria Municipal de Saúde