Secretaria de Saúde de Goiania nega ter usado vacinas da AstraZeneca vencidas

Após reportagem da Folha de São Paulo divulgar uma repotagem a onde tinha uma lista de cidades e municípios que teriam usado o lote de doses vencidas, a secretaria de Saude de Goiânia negou através de nota

Em nota divulgada na tarde desta sexta-feira (2), a Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS) anunciou que não utilizou doses vencidas da vacina AstraZeneca na capital. A nota foi divulgada depois que a Folha de S.Paulo divulgou reportagem, mostrando que o Brasil teria usado pelo menos 26 mil doses expiradas. Goiânia teria aplicado 60 doses de um lote vencido, identificado com o número 4120Z005 . Segundo levantamento da Folha, cerca de 40 cidades de Goiás, incluindo Goiânia, usaram doses vencidas. No entanto, a SMS negou que isso tenha ocorrido.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Conforme a pasta, as “vacinas chegam do Ministério da Saúde com prazo de validade de aproximadamente dois meses e não ficam guardadas”. Ainda segudo a SMS, a secretaria tem aplicado as doses que recebe “em três, quatro dias, e depois chega a ficar sem vacinas no estoque”. Ainda de acordo com a Secretaria de Saude Goiânia faz vacinação em locais como drive thru, onde não é possível lançar imediatamente as doses no sistema Conect SUS. ”Os dados são anotados manualmente e depois lançados do sistema. Em alguns casos houve erro neste lançamento posterior, em vez de colocar da data de aplicação, colocaram a data do dia do lançamento. A secretaria garante, portanto, que, em Goiânia, não houve aplicação de doses vencidas em moradores do município.”

Tags: