Home»Cotidiano»Secretária Municipal de Saúde comparece pela sétima vez à CEI

Ela respondeu várias perguntas incluindo sobre os equipamentos de raio-x sucateados enquanto novos estão guardados

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

Aprovado pedido de suspensão do documento que solicitava a prisão preventiva de Fátima

A secretária Municipal de Saúde, Fátima Mrué, compareceu nesta sexta-feira (13), pela sétima vez à Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga irregularidades da saúde. Após o debate entre membros da comissão, houve o voto e a aprovação do requerimento do vereador Paulo Daher (DEM), pedindo a suspensão do documento que solicitava ao Ministério Público Estadual a prisão preventiva da secretária por se recusar a enviar informações solicitadas pela comissão. Fátima alegou que tais informações estariam “fora do escopo do fato determinado e tempo da CEI”.

De acordo com informações da Câmara Municipal, na sessão Fátima respondeu perguntas sobre os equipamentos de raio-x sucateados em uso enquanto aparelhos novos estão guardados no almoxarifado; aluguel em vez da compra de transformador para Cais da Chácara do Governador; transporte de roupas sujas e contaminadas das unidade de saúde; pagamento de hotel para duas servidoras que fazem mestrado fora da cidade e a instalação de um novo software para marcação de exames e consultas na rede do SUS.

A secretária se comprometeu em enviar todas as solicitações que os vereadores fizeram, mas ressaltou que o tempo de investigação consiste em oito anos (2010-2018) e que ela representa apenas um pequeno período. A CEI dará prazo de dez dias para que as respostas solicitadas sejam enviadas e não mais de 30 dias como faziam anteriormente.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!