Secretário de Saúde de Pires do Rio pede exoneração após furar fila para vacinar a esposa

O caso está sendo investigado pelo Ministério Público

Após ser alvo de polêmica por furar a fila da vacina contra a Covid-19 e imunizar a própria esposa, o secretário de Saúde de Pires do Rio, Assis Silva Filho, pediu exoneração do cargo.

O pedido de exoneração aconteceu no domingo, 24. Segundo o secretário, a decisão de deixar o cargo é de cunho pessoal. Assis chegou a fazer uma live para se explicar sobre a vacinação irregular. Segundo ele, a esposa a acompanhava em todas as unidades de saúde e, por isso, teve o intuito de vaciná-la.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Na sexta-feira, 22, o juiz José dos Reis Pinheiro Lemes, de Pires do Rio, havia acolhido pedido do Ministério Público e determinado o afastamento de Assis Silva Filho. Agora, mesmo com o pedido de exoneração, o caso continua sendo investigado.

Tags: