Serial killer é novamente transferido para o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia

Decisão foi tomada após o vazamento da informação de que Thiago Henrique Gomes da Rocha havia sido transferido para Nova Crixás

A Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP) decidiu enviar o serial killer Thiago Henrique Gomes da Rocha, de 32 anos, de volta ao Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na madrugada desta quinta-feira, 10. A decisão aconteceu após o vazamento da informação de que o serial killer havia sido transferido para a Unidade Prisional de Nova Crixás.

Thiago ficou quatro anos preso no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, que é de segurança máxima. No entanto, a transferência dele para Nova Crixás gerou preocupação nos policiais. A segurança no presídio teve que ser reforçada.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O serial killer foi preso em outubro de 2016. Ele foi condenado por 29 assassinatos e teve pena definida em 668 anos de prisão. Agora, ele volta a ficar recluso no Núcleo de Custódia de Aparecida de Goiânia.

LEIA TAMBÉM

• Vídeo: Nuvem de insetos atrai cardume de mandis no Rio Araguaia, em Nova Crixás• ‘Minha dor só não é maior do que o meu amor’, escreve Caiado sobre perda do filho• PF e Incra investigam venda de lotes ilegais na região Norte de Goiás

Tags: