Jornal Diário do Estado

Sete em cada 10 goianos pretendem fazer compras de Dia das Crianças

Maioria deve agradar filhos e enteados e a média de presentes em Goiânia chega a três, superando a registrada nacionalmente, que é de dois

O Dia das Crianças deve ser marcado pela entrega de presentes para a maior parte delas em Goiás. Pesquisa apontou que 7 em cada 10 consumidores de Goiânia têm intenção de fazer compras devido à data comemorativa. O levantamento da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) revelou que a maior parte das pessoas pretende mimar filhos e enteados (38%), seguidos por sobrinhos (30%), afilhados (18%) e netos (7%).

A sondagem constatou também que os goianos planejam ir até as lojas na próxima semana, entre 03 e 10 de outubro. Para eles, preço e promoção, localização do estabelecimento e bom atendimento lideram a decisão de compra no dia das crianças.  Os brinquedos são os itens favoritos para 48% dos compradores goianienses, as roupas correspondem a 28%, seguidas por calçados (12%), perfumes, cosméticos, eletroeletrônicos e serviços (3%), livros (2%) e relógios, jóias ou acessórios, com 1%.

“Os números projetam que o consumidor está disposto a participar ativamente da comemoração. Esse é um bom termômetro que aponta para uma melhora nas vendas para os outros festejos deste fim de ano”, comenta o presidente da CDL Goiânia, Geovar Pereira. 

Apesar do otimismo, o valor do presente deste ano deve ser o mesmo comparado ao do ano passado para 43% dos entrevistados, enquanto 25% investirão menos e 16% vão gastar mais. Do total de participantes do levantamento, 32% está inadimplente.

A dificuldade financeira faz o goiano se manter receoso quanto aos gastos, que devem se limitar a R$ 80.  A minoria deve desembolsar de R$ 81 a R$ 150. O dia das crianças deve movimentar mais de 220 milhões de reais no mercado goianiense. 

Confira a intenção de compras para o Dia das Crianças em Goiânia:

  •  78% dos goianienses pretendem presentear na data, enquanto e 73% dos consumidores brasileiros planejam ir às compras
  • 41% informou que não possui alguém para oferecer a lembrança
  • 61% devem fazer as compras presencialmente
  • 82% informaram que irão realizar pesquisas de preço antes de efetivar a compra 
  • 28% escolherá como método de pagamento o cartão de crédito parcelado