Sheila Mello recebe apoio de famosos após ser chamada de ”velha enferrujada”

A dançarina Sheila Mello falou no programa ‘Encontro’ desta sexta-feira (16) sobre polêmica após postar um vídeo dançando em suas redes sociais.

A dançarina Sheila Mello falou no programa ‘Encontro’ desta sexta-feira (16) sobre polêmica após postar um vídeo dançando em suas redes sociais. Ela recebeu críticas dos internautas, de que estaria velha para esse tipo de exposição e que teria perdido todo o rebolado e estaria enferrujada.

A ex-loira do É o Tchan rebateu dizendo que a dança é sua paixão e quer queria que todas as idades pudessem dançar livremente. E contou sobre como a dança está presente em sua vida desde pequena, que é algo sagrado, independente da idade.

“A dança sempre esteve presente em minha vida, desde pequena, foi como me construí pessoalmente e profissionalmente. Para mim, é algo sagrado, independentemente da idade. As críticas que recebi não me magoaram, mas me levaram a propor uma reflexão. O problema não está comigo”, disse a dançarina

Sheila ainda reforçou de que “O palco me dá força. Está separado dessa questão de sensualidade, da sexualidade. Quando eu respondi (as críticas), queria que as pessoas contribuíssem (com o debate), porque não é um problema meu, é um problema coletivo”. A Loira recebeu apoio dos famosos que participaram do Encontro, Grecthen, Patricia Poeta, Péricles e Claudia Ohana saíram em defesa da artista.

“Temos que celebrar por estarmos vivos, dançar muito. A Sheila Mello está coberta de razão. Eu participei da Dança dos Famosos e foi revelador. O que colho desde então me faz um bem enorme.” disse o pagodeiro Péricles.

“Qualquer mulher, seja a Sheila, seja eu, aos 62 anos, independentemente da idade, pode dançar, usar shorts, biquíni fio dental… Nós podemos tudo, temos direitos sobre as nossas vidas. Não é um comentário ou outro que fará com que mudemos a nossa forma de viver”, pontuou Gretchen, Rainha do Rebolado.

”A sensação que dá é que existe um julgamento frequente no que diz respeito ao comportamento, ao que veste e às escolhas da mulher madura. Como se quando ela chegasse a uma certa idade ocorresse o seguinte: ‘Senta lá no cantinho e não levanta mais’. É preciso desconstruir tudo isso”,  Patrícia Poeta.

“Eu me cuido, me alimento bem, faço exercícios, dou valor ao sono e procuro a felicidade nas pequenas coisas. Acho que isso contribui para a juventude. Fui avó cedo, aos 43 anos, e brinco com os meus netos como se fosse criança. Tem alguma lei que nos proíbe de usarmos shorts? Vamos ser felizes, vamos ser jovens, vamos brincar!”, opinou a atriz.

Tags: