Suspeição de Sergio Moro no STF poderia anular toda a Operação Lava Jato

Edson Fachin fez afirmação em entrevista ao "O Globo"

Edson Fachin, ministro do STF que anulou as condenações do ex-presidente Lula no julgamento do caso do Triplex no Guarujá, disse em entrevista ao jornal “O Globo” que a suspeição do então juiz Sergio Moro, que deve ser decidida no Supremo Tribunal Federal, teria capacidade de anular toda a Operação Lava Jato.

“Na suspeição é potencial a extensão da decisão a todos os casos da Operação Lava-Jato denunciados perante a 13ª Vara Federal de Curitiba nos quais houve função da força-tarefa do MPF e do ex-juiz Sergio Moro”, declarou Fachin, que se diz contrário à medida.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Até agora, o julgamento está empatado em 2 a 2 no STF, faltando o voto de Kássio Nunes Marques, indicado por último por Jair Bolsonaro. A suspeição de um juiz o declara inapto a julgar determinado caso, pelo fato do magistrado ter alguma subjetividade no situação. Por exemplo, quando conhece uma das partes, ou tem parentesco.

LEIA TAMBÉM

• Principais candidatos à presidência da República abrem campanhas• Bolsonaro volta a soltar fake news sobre religião, dando indiretas a Lula• Propaganda eleitoral está liberada oficialmente a partir desta terça-feira, 16

Fachin comparou sua atitude diante do caso de Lula à suspeição de Moro: “Anular quatro processos por incompetência (caso Lula) é realidade bem diversa da declaração de suspeição, que pode ter efeitos gigantescos“.

O ministro do STF também declarou que é “um equívoco” achar que o encerramento das forças-tarefas possam trazer de volta os níveis de corrupção do passado.

Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Tags: