Suspeição de Sergio Moro no STF poderia anular toda a Operação Lava Jato

Edson Fachin fez afirmação em entrevista ao "O Globo"

Edson Fachin, ministro do STF que anulou as condenações do ex-presidente Lula no julgamento do caso do Triplex no Guarujá, disse em entrevista ao jornal “O Globo” que a suspeição do então juiz Sergio Moro, que deve ser decidida no Supremo Tribunal Federal, teria capacidade de anular toda a Operação Lava Jato.

“Na suspeição é potencial a extensão da decisão a todos os casos da Operação Lava-Jato denunciados perante a 13ª Vara Federal de Curitiba nos quais houve função da força-tarefa do MPF e do ex-juiz Sergio Moro”, declarou Fachin, que se diz contrário à medida.

Até agora, o julgamento está empatado em 2 a 2 no STF, faltando o voto de Kássio Nunes Marques, indicado por último por Jair Bolsonaro. A suspeição de um juiz o declara inapto a julgar determinado caso, pelo fato do magistrado ter alguma subjetividade no situação. Por exemplo, quando conhece uma das partes, ou tem parentesco.

Fachin comparou sua atitude diante do caso de Lula à suspeição de Moro: “Anular quatro processos por incompetência (caso Lula) é realidade bem diversa da declaração de suspeição, que pode ter efeitos gigantescos“.

O ministro do STF também declarou que é “um equívoco” achar que o encerramento das forças-tarefas possam trazer de volta os níveis de corrupção do passado.

Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Tags: