Suspeito de arrastar cachorro amarrado a moto é preso, em Inhumas

O animal, que também foi golpeado com uma picareta, foi resgatado mas não resistiu aos ferimentos

Um homem foi preso suspeito de amarrar um cachorro à moto e arrastá-lo pelas ruas, em Inhumas. Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas contaram que o homem também golpeou o animal com uma picareta. As agressões teriam tido início após o cachorro ter sujado a área da casa em que o homem mora.

A prisão foi possível após uma denúncia registrada pela PM no sábado, 24. As equipes policiais encontraram o suposto autor das agressões às margens da GO-070, na saída da cidade. Segundo a corporação, o suspeito foi preso quando estava prestes a abandonar o animal machucado em uma mata. Os policiais constataram que o cão estava vivo e chamaram o Corpo de Bombeiros e o Batalhão Ambiental.

O animal foi socorrido pelos bombeiros e levado a uma clínica veterinária. Apesar do resgate, o cachorro não resistiu aos graves ferimentos e morreu na manhã deste domingo, 25. Segundo a PM, o homem foi preso em flagrante por maus-tratos a animais e encaminhado a Polícia Civil da cidade.

A lei que determina a punição para maus-tratos a animais foi alterada há cerca de um mês e, agora, a pena passou de três meses a um ano de reclusão, além de multa, para dois a cinco anos de reclusão mais multa e proibição de guarda do animal.

*As imagens registradas por testemunhas são fortes e, por isso, a equipe do Diário do Estado decidiu não divulgar as cenas.

Tags: