Jornal Diário do Estado

Suspeito de encomendar morte de pastor de Itumbiara é preso em Uberlândia

Indivíduo de 31 anos, teria prometido pagar R$ 6 mil a um menor de idade para que executasse seu ex-sogro

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Itumbiara, após uma meticulosa investigação, prendeu na manhã desta terça-feira, 6, um indivíduo de 31 anos, apontado como o mandante do assassinato do pastor evangélico Paulo Célcio Pinheiro de Abreu, de 45 anos. O crime, ocorrido em 7 de dezembro de 2023, chocou a comunidade do Setor São João, em Itumbiara.

A investigação da Polícia Civil revelou que o ex-namorado de uma das filhas da vítima, insatisfeito com o término do relacionamento, planejou e pagou R$ 6 mil ao menor para assassinar a família da ex-namorada.

O mandante foi preso nesta manhã, em Uberlândia, Minas Gerais, por meio de mandado de prisão preventiva, com o apoio da Polícia Civil de Minas Gerais. Ele responderá por homicídio qualificado.

Além do executor, um motorista de aplicativo que facilitou a fuga do atirador, foi conduzido à delegacia e autuado por favorecimento pessoal. No entanto, o menor se manteve em silêncio quanto ao mandante do crime durante todo o processo.

O crime

O pastor foi morto a tiros em frente à sua residência, após retornar do trabalho. O executor, um menor de idade, foi flagrado por câmeras de segurança aguardando na calçada. Ele desferiu vários tiros contra a vítima, que veio a óbito no local. No dia seguinte, o atirador foi apreendido em um ônibus, tentando fugir para São Simão, portando a arma utilizada no crime.

Algumas destas imagens foram divulgadas pela polícia. Veja vídeo: