paralisação

Cotidiano

Caminhoneiro chama Bolsonaro de “frouxo”