Talytha Pugliesi denuncia assedio do diretor de teatro Regis Trovão

A atriz desabafou nas redes sociais e denunciou o diretor.

Talytha Pugliesi fez um forte desabafo relembrando uma denúncia feita em janeiro de 2021. Em seu perfil no Instagram, a atriz diz ter sido assediada moral e sexualmente pelo diretor de teatro Régis Trovão Rodrigues, na época em que estreou como protagonista na peça “Toda a saudade do mundo”, dirigida por Régis, em setembro de 2019.

No primeiro relato compartilhado por Pugliesi na rede social, ela falou sobre o assédio sofrido foi publicado em janeiro de 2020, mas não cita nomes.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Eu tinha me arrependido muito de não ter falado o nome do assediador de um post que eu fiz porque o meu marido, a minha irmã e o meu assessor falaram que eu não tinha que falar. Eu fiquei muito put* porque eu tinha ter feito o que eu queria. Claramente não superei. Falei desse assunto essa semana porque é algo que me faz ainda muito mal e que me fez senti muito violentada. Eu quero deixar aqui esse relato. Quem me assediou foi Régis Trovão, diretor da peça”, disse Talytha num vídeo publicado no Instagram .

“Ele também me assediou moralmente antes de sexualmente, que eu só lembrei depois e também o ator principal da peça, que me assediou moralmente”, completou ela sem citar o nome de Paulo Vilhena, que fez parte do trabalho.

Régis Trovão Rodrigues ainda não se manifestou sobre acusações feitas publicamente por Talytha Pugliesi.

 

 

Tags: