Taxistas protestam contra aplicativos

A fim de cobrar regulamentação de aplicativos de transportes, taxistas protestam desde as 6 horas da manhã em frente ao Paço Municipal de Goiânia, nesta terça-feira (19). Segundo a categoria, o serviço realizado por empresas como a Uber, por exemplo, promovem concorrência desleal. O protesto faz parte de uma mobilização nacional.

O Sindicato dos Trabalhadores do Sistema de Táxi do Município de Goiânia (Sinditaxi) estima que cerca de 300 motoristas participam do ato. Apesar da movimentação, os veículos estão estacionados em ruas adjacentes, deixando as outras vias livre para a circulação.

O presidente do Sinditaxi, Humberto Mendes Matos, declarou, em entrevista ao G1 Goiás, que a intenção é conversar com o prefeito de Goiânia Iris Rezende (PMDB). Para ele, os apps devem seguir a mesmas regras e condições que os taxistas. “Da forma que eles estão agindo, prejudica a gente e toda a população. É uma concorrência desleal, pois cobram preços abaixo do mercado pelas corridas e não pagam impostos como nós”, afirma.

O ato é pacífico, conforme o presidente. No protesto, os motoristas levaram um caixão para simbolizar luto em relação à situação dos taxistas e usam narizes de palhaço.

Close