Jornal Diário do Estado

Taylor Swift é eleita a personalidade do ano pela revista Time

Taylor foi a primeira artista do ramo da música a ser eleita pela revista

Na edição desta quarta-feira ,6, a revista Time elegeu a cantora e compositora norte-americana Taylor Swift como a ‘‘ pessoa do ano’’ de 2023. A Time reforçou como anteriormente as seleções seguiam certos padrões. “A pessoa escolhida tem sido tipicamente um governante de domínios de poder tradicionais. Ele é muitas vezes um político ou um titã da indústria’’. Quatorze presidentes dos EUA, cinco líderes da Rússia ou da União Soviética e três papas foram todos reconhecidos.

A cantora foi a primeira artista do ramo da música na última década, apenas três mulheres, além de Taylor, foram eleitas: Angela Merkel (2015), Greta Thunberg (2019) e Kamala Harris (2020, ao lado de Joe Biden). A revista levou em conta o poder de causar mudanças na sociedade e o impacto da turnê The Eras.  

A norte-americana também foi eleita a artista mais ouvida no mundo em 2023, no Spotify. Depois dela, aparecem Bad Bunny, The Weeknd, Drake e Peso Pluma, nesta ordem.

“Por construir um mundo próprio que criou um lugar para tantos, por transformar sua história para se tornar uma lenda global, por trazer alegria a uma sociedade que precisa desesperadamente dela, Taylor Swift é a Pessoa do Ano de 2023”, disse Time.

A revista reforçou o impacto da vida pessoal de Taylor na mídia em 2023, como o término dela com o namorado de longa data, o ator Joe Alwyn, e o começo do relacionamento com o jogador de futebol americano Travis Kelce, que movimentou as redes sociais quando a artista acompanhou os jogos do Kansas City Chiefs, time em que Kelce joga.

“Ela alcançou uma espécie de fusão nuclear: unir arte e comércio para liberar uma energia de força histórica. E fez isso abraçando o que ela faz melhor do que ninguém, entretendo e escrevendo músicas que conectam as pessoas”, salientou a revista.

Veja quem eram os finalistas ao título de “pessoa do ano de 2023”

  • Pessoas que participaram da Greve de Hollywood (movimento por melhores condições de trabalho no cinema);
  • Xi Jinping (presidente da China);
  • Taylor Swift (cantora e compositora);
  • Sam Altman (ex-CEO da OpenAI, empresa dona do ChatGPT);
  • Promotores que acusam Trump de crimes;
  • Barbie (boneca e personagem fictício);
  • Vladimir Putin (presidente da Rússia);
  • Rei Charles III (rei do Reino Unido, filho e sucessor da Rainha Elizabeth II);
  • Jerome Powell (presidente da Reserva Federal dos Estados Unidos).